terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O amanhã - Apenas um pequeno desabafo da autora.







Estar sozinha não é ruim é o momento que tenho para descobrir mais sobre mim mesma. Dependendo: Uma perda não pode ser tão ruim... Apenas nos abre novas oportunidades.

Sem a perda não iríamos valorizar o que hoje temos em mãos, e talvez se permanecêssemos com o que temos não iríamos “arriscar em conhecer”. O que não haveria graça alguma.

Sem a solidão não iríamos dar mais valor a nós mesmos, e muito menos a pessoa que está ao nosso lado no momento.

Chorar é um modo de demonstrar nossa dor por perda, e reviver nos mostra o quanto perder naquela hora foi essencial. Talvez, se aquela lágrima não viesse, nosso sorriso não estaria presente.

Não sei como vai ser o amanhã. Talvez eu vá perder o que hoje tenho, talvez vá ganhar o que hoje não tenho.
Sei que perdi o que tinha ontem, e que amanhã posso ganhar o que hoje não tenho. Sei que ontem não estava só, e hoje estou. Mas talvez amanhã esteja acompanhada...
A questão é que realmente não tenho certeza do amanhã, e não busco ter. Isso é o que a vida tem: um mistério, uma dúvida... E sem isso não haveria graça alguma.

...Esperando um amanhã melhor...



Bianca Banfi, 2011.
  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário